quinta-feira, dezembro 03, 2009

«Cofina quer liderar cobrança no acesso online a conteúdos»

No Correio da Manhã: "O presidente da Cofina, Paulo Fernandes, afirmou, esta quinta-feira, que pretende que o seu Grupo, detentor do jornal ‘Correio da Manhã’ e da revista ‘Sábado’, seja o primeiro a cobrar pelo acesso a conteúdos online e defendeu que essa posição deve ser assumida em conjunto por todos os operadores. 'Queremos ser os primeiros a cobrar pelos conteúdos, assim não podemos continuar', afirmou Paulo Fernandes durante o seminário comemorativo do 15.º aniversário da Confederação dos Meios de Comunicação Social, subordinado ao tema 'Os Media e o Desafio Digital'." [notícia]

«WAN: I prepara rede social própria para o próximo ano»

Na Meios & Publicidade: "O I está a preparar o lançamento de uma rede social própria para o “primeiro trimestre do próximo ano”, avançou ao M&P, Martim Avillez Figueiredo, ontem à margem da apresentação The Power of Print, inserida no congresso mundial da WAN-IFRA, a decorrer desde o início da semana em Hyderabd, Índia. O projecto que, diz, estava “pensado desde o dia 1″ está a ser trabalhado pela empresa de Leandro Armas, da argentina 2AlCubo, parceiro tecnológico para o online do jornal da Lena Comunicação. O responsável preferiu para já não adiantar mais detalhes sobre este projecto, a começar pelo nome que o mesmo irá assumir." [notícia]

quarta-feira, dezembro 02, 2009

«Google vai limitar acesso gratuito às notícias na net»

No ionline: "A Google vai limitar o número de notícias online gratuitas disponíveis no serviço “Google News”, anunciou hoje a empresa. Por outras palavras, se clicar em mais de cinco artigos de uma publicação online no mesmo dia, será automaticamente encaminhado para a página da publicação para efectuar um registo ou pagar uma subscrição." [notícia]

«RTP rescinde com 113 funcionários e poupa cinco milhões de euros por ano»

No PÚBLICO: "A RTP vai rescindir o contrato com 113 funcionários no âmbito do processo de saídas voluntárias iniciado em Outubro, estimando que a poupança em custos de pessoal atinja os cinco milhões de euros por ano." [notícia]

segunda-feira, novembro 30, 2009

«Controlinveste cria agência para fornecer fotos e vídeos»

No DN: "A Controlinveste anunciou hoje às suas publicações a criação de uma agência de imagens para fornecer fotografias e vídeos internamente e para outros órgãos como forma de cortar custos e criar novas receitas, disse à Lusa um dos directores. "A nova agência de imagens vai fornecer, numa primeira fase, fotografias e vídeos ao grupo, e depois, também para o mercado externo", explicou Pedro Tadeu, que vai dirigir a nova unidade em conjunto com o fotógrafo Alfredo Cunha. O objectivo, avançou, é "fazer economias de escala" dentro da Controlinveste e, ao mesmo tempo, "criar um novo negócio" cujas receitas estimadas não foram adiantadas pelo director." [notícia]

«Sítio da RTP nomeado para prémio do Observatório de Ciberjornalismo»

Na RTP: "O sítio da RTP foi nomeado pelo Observatório de Ciberjornalismo para o prémio de vídeojornalismo. O júri destacou o trabalho realizado durante as eleições legislativas em que pela primeira vez em Portugal 20 jornalistas da RTP e da Antena 1 transmitiram em directo, com o telemóvel, imagens da campanha." [notícia]

sexta-feira, novembro 27, 2009

«Ministério da Cultura admite cortar acesso de piratas à Net»

No PÚBLICO: "O Ministério da Cultura considera que o combate à partilha online de ficheiros sem autorização dos autores (ou de outros detentores dos direitos) poderá passar pela suspensão temporária do acesso à Internet — mas apenas com a ordem de um tribunal." [notícia]

«ERC averigua se o Estado interfere com os media»

No PÚBLICO: "A Entidade Reguladora para a Comunicação Social vai abrir "um processo de averiguações" para investigar a veracidade de acusações feitas, na última semana, sobre alegadas interferências na independência dos media." [notícia]

«Mais de cinco milhões de notícias da Lusa disponíveis no Sapo até Março»

No PÚBLICO: "Depois das fotografias, a agência Lusa vai disponibilizar também notícias, cerca de 5,5 milhões de textos informativos escritos nos últimos 20 anos. A disponibilização do conteúdo noticioso surge na sequência de um acordo entre a Lusa e o portal Sapo." [notícia]

quinta-feira, novembro 26, 2009

«México: jornalista encontrado morto»

No Portugal Diário: "O corpo do jornalista José Galindo Robles foi encontrado na quarta-feira na sua casa em Ciudad Guzman, no estado de Jalisco, com golpes no crânio, manietado e enrolado num cobertor, informou uma fonte oficial, escreve a Lusa. O cadáver foi encontrado por companheiros de trabalho de Galindo, que foram a casa do jornalista preocupados com a sua ausência nos escritórios de Ciudad Guzman da Rádio Universidade de Guadalajara, indicou a Procuradoria Geral de Justiça do Estado de Jalisco. A autópsia revelou que a causa da morte do jornalista, de 43 anos, vencedor do Prémio Nacional de Jornalismo Ambiental, foi uma «contusão profunda» e a fractura do crânio." [fonte]

terça-feira, novembro 24, 2009

«Manuela Moura Guedes tem uma fixação por mim»

No JN: "Director da RTP não sabe ainda o futuro dos espaços de comentário personalizados e reage vivamente às queixas dos partidos. Internamente, tomou há dias uma decisão polémica: criou regras para o uso das redes sociais." [artigo integral]

sexta-feira, novembro 20, 2009

«O futuro (da Internet) é grátis?»

No 'Mais Cedo ou Mais tarde' de ontem na TSF: "A propósito do novo livro do editor da revista Wired, Chris Anderson, que recentemente esteve na TSF, vamos conversar com Paulo Querido, provavelmente o jornalista português mais empenhado na revolução digital. O que diz Chris Anderson, neste livro chamado Free (Grátis), é que «em muitos casos, as empresas podem conquistar mais receitas se oferecerem os produtos aos seus clientes em vez de lhos cobrarem». Além de falarmos sobre este futuro que Anderson antecipa, vamos poder ouvir Paulo Querido falar dos seus próprios projectos, nomeadamente sobre o novo jornal que lançou na Internet." [ouvir podcast]

terça-feira, novembro 17, 2009

«I vence European Newspaper Award»

Na Meios & Publicidade: "O I venceu o European Newspaper Award na categoria de jornal diário mais bem desenhado da Europa, anunciou ontem o título da Lena Comunicação. Na competição organizada pelo designer Norbert Kupper, contando com a colaboração de três revistas de jornalismo - a Medium Magazine, a Osterreichische Journalist e a Schweizer Journalist - participaram 241 publicações de 27 países." [artigo integral]

sexta-feira, novembro 13, 2009

«Jornais 'Guardian' e 'Observer' despedem mais de cem pessoas»

No DN: "O grupo de comunicação social britânico Guardian News and Media (GNM) - que detém o diário Guardian e o semanário Observer - anunciou na quarta-feira que irá despedir mais de cem funcionários, entre jornalistas e comerciais. E se estes últimos vão conhecer a sua sorte até 9 de Dezembro, o processo entre os jornalistas está a ser feito através de um programa de rescisões voluntárias, não estando ainda estabelecido um número exacto de despedimentos nesta área." [artigo integral]

«Jornalistas podem tratar Fernanda Câncio por 'namorada do primeiro-ministro'»

No PÚBLICO: "O plenário da Comissão da Carteira Profissional dos Jornalistas considerou “improcedentes” os recursos interpostos por Fernanda Câncio onde contestava o facto de ter sido designada como “namorada do primeiro-ministro” por alguns meios de comunicação social." [artigo integral]

quinta-feira, novembro 12, 2009

«Portugal aposta pouco no jornalismo de investigação»

No Diário Digital: "Muito pouco do que é feito em Portugal cabe no conceito de jornalismo de investigação, defende uma tese de mestrado do jornalista Óscar Mascarenhas apresentada quarta-feira e que identifica as características necessárias para a definição. No trabalho intitulado «detective historiador», defendido quarta-feira em Lisboa perante um júri presidido por José Rebelo e que teve como arguente António Monteiro Cardoso, Óscar Mascarenhas apresenta uma proposta de itinerário obrigatório para a definição de jornalismo de investigação." [artigo integral]

quarta-feira, novembro 11, 2009

«'The New York Times' publica un artículo subvencionado por los lectores»

No El País: "Los costes del viaje fueron pagados en parte por los lectores de Spot.us, un proyecto sin ánimo de lucro que apoya a periodistas freelance". Con este aviso termina el artículo de una periodista que publica The New York Times en su sección de Ciencia sobre la acumulación de desechos en una zona del océano Pacífico. Se trata de una experiencia insólita en el gran rotativo norteamericano. El dinero provino de Spot.us, que propone a los internautas que aporten dinero, una donación que desgrava, para que periodistas puedan dedicarse a investigar un tema generalmente olvidado por los medios."

quinta-feira, novembro 05, 2009

«Jornalismo: Ruído de Fundo ou Sinal?»

Excerto da prosa do José Vítor Malheiros, no Público:
O jornalismo que se exige numa altura onde as notícias estão por todo o lado e são produzidos por todas as pessoas e todas as entidades não é um jornalismo que se soma ao ruído de fundo, mas um jornalismo que ajuda a distinguir no meio do ruído de fundo o que é relevante, que torna explícito o que é obscuro e que desmonta as mentiras oficiais que se escondem por trás dos factos ocorridos. É um jornalismo de investigação e de denúncia, de rigor e de perseverança, que exige investimento em tempo e em competências, um inabalável sentido cívico, a coragem de ser incómodo e uma feroz independência perante todos os poderes e todos os interesses. Infelizmente, é esse jornalismo que cada vez escasseia mais.
Lido no blogue Historiador do Instante (da Vanessa Quitério)

quarta-feira, novembro 04, 2009

Curta: One Hundredth of a Second*


*Susan Jacobson (2006)

Mais aqui.

terça-feira, novembro 03, 2009

«Os intocáveis»

Do Mário Crespo, no JN: "O processo Face Oculta deu-me, finalmente, resposta à pergunta que fiz ao ministro da Presidência Pedro Silva Pereira - se no sector do Estado que lhe estava confiado havia ambiente para trocas de favores por dinheiro. Pedro Silva Pereira respondeu-me na altura que a minha pergunta era insultuosa." [artigo integral]

domingo, novembro 01, 2009

«Um novo começo»

No PÚBLICO: "O PÚBLICO inicia hoje uma nova etapa da sua história. Quase 20 anos depois do primeiro dia, uma nova direcção, um novo começo. Um tempo mais difícil, também. Há 20 anos, tivemos a ousadia de em Portugal seguir os paradigmas da grande imprensa europeia e conseguimos ser hoje uma referência sem paralelo na imprensa diária portuguesa." [Editorial integral]

«Morreu o radialista António Sérgio»

No PÚBLICO: "O histórico radialista António Sérgio, o homem que foi a voz do "Lobo", morreu hoje de madrugada, aos 59 anos. A notícia foi confirmada ao PÚBLICO por Luís Montez, dono da rádio para a qual trabalhava actualmente, a Radar FM. Segundo Montez, António Sérgio terá morrido na sequência de um ataque cardíaco." [artigo integral]

sexta-feira, outubro 30, 2009

«Os pioneiros da Internet em Portugal»

No PÚBLICO: "Corria o ano de 1994. Mês de Abril. “A Lista de Schindler” tinha acabado de ganhar o Óscar de melhor filme. Nos Estados Unidos, os telespectadores já se andavam a rir com “Seinfeld”, mas em Portugal as televisões privadas ainda davam os primeiros passos. Eram tão recentes que o “Big Show SIC” ainda não tinha sido inventado. Paralelamente, no país que ainda não conhecia o Macaco Adriano, um grupo de académicos já andava a mexer na Internet, à revelia dos restantes milhões de portugueses." [artigo integral]

sexta-feira, outubro 23, 2009

«Repórter do 'El País' ameaçado de morte em favela»

No DN: "Um jornalista do ‘El País’ esteve sob captura e foi ameaçado de morte por criminosos do Morro dos Macacos, o mesmo local onde no sábado um helicóptero da Polícia Militar foi derrubado enquanto tentava travar uma guerra entre dois grupos rivais de traficantes, o que controlava a área e outro, o do Morro de São João, que tentavam expandir o seu território." [artigo integral]

quinta-feira, outubro 22, 2009

Com as letras todas...


Encontrado aqui.

«Documentário: construir um objecto documental passo a passo»


«Este curso mudou a minha vida. Esqueçam o Tallon, o Dr. Póvoas, as bandas gástricas, com este curso perdi 20 quilos e voltei a ter uma silhueta elegante.» (Fernando Alvim) [Mais aqui]

quarta-feira, outubro 21, 2009

«Obama declara guerra à Fox News e lança debate sobre liberdade de expressão»

No PÚBLICO: "A longa corrida à Casa Branca entre 2007 e 2008 foi apelidada de “a melhor série na televisão”. Mas desde a eleição e tomada de posse de Barack Obama, a profunda divisão ideológica entre os canais de notícias tornou-se numa das novelas mais comentadas dos EUA. Há duas semanas, ganhou novo fôlego: a Casa Branca e Barack Obama declararam guerra à Fox News, o canal de cabo de orientação conservadora de Rupert Murdoch." [artigo integral]

«Jornal Semanário fecha portas»

NO JN: "O projecto editorial que em tempos contou com a participação de Marcelo Rebelo de Sousa, Daniel Proença de Carvalho, José Miguel Júdice, Victor Cunha Rego, já não chega às bancas esta sexta-feira. Motivos de ordem económica tornaram insustentável a continuação do jornal Semanário, referiu fonte da empresa ao JN. "Não havia apoio financeiro que pudesse sustentar mais a publicação e não restou, portanto, outra solução", disse a mesma fonte." [artigo integral]

terça-feira, outubro 20, 2009

«José Sócrates volta a perder em tribunal»

No DN: "Primeiro-ministro queria levar a julgamento colunista do DN, mas juiz de instrução criminal de Lisboa arquivou, pela segunda vez, o caso. Depois de ter perdido à primeira, com o arquivamento pelo Ministério Público, José Sócrates voltou a carregar sobre João Miguel Tavares, colunista do DN. Mas não teve sorte. Um juiz do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa (TIC) considerou que o artigo "José Sócrates, o Cristo da política portuguesa", apesar de ser uma crítica negativa, traduziu uma "manifestação legítima de uma opinião". Considerando o processo como arquivado." [artigo integral]

«Portugal cai 14 posições no ranking da liberdade de imprensa»

No PÚBLICO: "A organização Repórteres Sem Fronteiras considera que a liberdade de imprensa diminuiu este ano em Portugal, com uma queda do 16º para o 30º lugar na lista dos países que mais respeitam o trabalho dos jornalistas. Apesar de classificar Portugal como estando “em boa situação” face à liberdade de imprensa, a organização internacional afirma ter-se verificado uma queda de 14 posições na lista dos mais respeitadores da liberdade de imprensa, passando a estar ao mesmo nível da Costa Rica e do Malí. No ano passado, Portugal estava em 16º lugar, a par da Holanda, Lituânia e República Checa. " [artigo integral]

sexta-feira, outubro 16, 2009

«'Jornal Nacional de Sexta-Feira' sem planos de regresso»

No DN: "Nova direcção da TVI, liderada por Júlio Magalhães, não fará regressar formato apresentado por Manuela Moura Guedes, apesar da esperança da pivô e de a ERC considerar que houve ingerência da administração. O Jornal Nacional de 6.ª-Feira, apresentado por Manuela Moura Guedes, não voltará ao ecrã da TVI enquanto a actual direcção de Informação estiver em funções, de acordo com o que apurou o DN junto de fonte da estação de Queluz." [artigo integral]

quinta-feira, outubro 15, 2009

«ERC considera ilegal fim do Jornal Nacional da TVI e vai investigar ingerências políticas»

No PÚBLICO: "A decisão de terminar com o Jornal Nacional de sexta-feira da TVI foi uma interferência ilegal da administração da empresa na esfera da direcção editorial, concluiu a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) na deliberação sobre este polémico caso. A ERC diz que vai apurar que medidas contra-ordenacionais aplicará agora e quer também investigar se existiu ou não ingerência do poder político ou económico no episódio." [artigo integral]

sexta-feira, outubro 09, 2009

«i recebe 28 prémios para o melhor design»

No i: "O júri que atribuiu este ano os prémios para o melhor design editorial de Espanha e Portugal deu ao jornal i o primeiro prémio na categoria das publicações com 20 mil a 60 mil exemplares. O i ganhou ainda 27 outros prémios nas diferentes categorias". [link]

quarta-feira, outubro 07, 2009

«Vinte jornalistas julgados hoje»

No DN: "Vinte jornalistas, incluindo o director de informação da SIC Alcides Vieira e o ex-patrão da TVI José Eduardo Moniz, começam hoje a ser julgados no Tribunal de Oeiras por violação do segredo de justiça no processo Casa Pia. Segundo a pronúncia, vão ainda a julgamento os jornalistas Ana Margarida Taborda Carvalho, José Plácido Júnior, Paulo David Figueira, Pedro Camacho, Cláudia Maria Lobo, Felícia Cabrita, João Garcia, Ana Isabel Abrunhosa, Maria Teresa Pais Oliveira, José António Saraiva, José António Lima, Filipa Saraiva, Ricardo Costa, Lourenço Medeiros, Ana Leal, Mário Moura, Manuel Domigues e Manuela Moura Guedes." [artigo integral]

sexta-feira, outubro 02, 2009

«Jornalistas do Washington Post vão ter regras para o uso do Twitter»

No PÚBLICO: "O “Washington Post” é o último dos media a juntar-se a um grupo já alargado que entendeu por bem estabelecer regras a seguir pela redacção quando decidirem usar o Twitter. Tudo começou quando um jornalista decidiu “twittar” sobre o que se gastava com tropas no Afeganistão e o que se gastaria com o novo plano de saúde proposto por Obama num tom opinativo. O jornal entende que isso pode prejudicar a imparcialidade profissional que se exige. E decidiu por um ponto final na situação." [artigo integral]

quinta-feira, outubro 01, 2009

«José Manuel Fernandes abandona direcção do Público»

No Diário Digital: "O director do Público anunciou hoje à redacção que vai abandonar o cargo e que a nova direcção entrará em funções no dia 1 de Novembro, disse à Lusa fonte do Jornal.
Bárbara Reis, até aqui directora executiva do jornal, vai ocupar o lugar de José Manuel Fernandes." [artigo integral]

sexta-feira, setembro 18, 2009

«Escutas: Administração do Público não tem indicios de violação dos sistemas de informação do jornal»

Na Lusa: "Lisboa, 18 Set (Lusa) - A administração do Público afirmou hoje não ter indícios que confirmem violação dos sistemas de informação do jornal, hipótese levantada hoje pelo director a propósito da divulgação de um e-mail interno pelo Diário de Notícias. "Face às notícias e comentários produzidos na comunicação social sobre a possibilidade ter ocorrido um acesso ilegítimo e externo à correspondência electrónica trocada entre jornalistas do Público, o Conselho Geral da Público Comunicação Social, SA, informa que não tem, até à data, o mais pequeno indício que lhe permita confirmar qualquer violação dos seus sistemas de informação", refere um comunicado a que a Lusa teve acesso." [notícia integral]

«Conselho de Redacção considera manchete do DN 'atropelo da ética e deontologia'»

No DN: "O Conselho de Redacção do Público considera estar-se perante "um caso de atropelo da ética e deontologia jornalísticas", repudiando o artigo de hoje do Diário de Notícias por pôr em causa a credibilidade do jornal da Sonae. De acordo com um comunicado a que a Lusa teve acesso, o CR do Público "repudia a forma como foram postos em causa a credibilidade e profissionalismo da redacção do PÚBLICO no artigo 'Assessor do Presidente encomendou caso das escutas', publicado hoje no Diário de Notícias" (DN)." [artigo integral]

«Público abre inquérito para averiguar divulgação de e-mail»

No DN: "A Direcção do Público decidiu abrir um inquérito para averiguar quem divulgou um e-mail interno ao Expresso e ao Diário de Notícias que sustenta hoje a manchete do diário, num artigo que os responsáveis do jornal da Sonae condenam. "Imediatamente após o primeiro contacto para o PÚBLICO foi aberto um inquérito interno para tentar perceber como pode ter sido desviado um documento que apenas circulara por e-mail, no interior do domínio do PÚBLICO e entre um grupo muito pequeno de pessoas", refere um comunicado hoje divulgado pela Direcção Editorial do jornal do grupo Sonae." [artigo integral]

«Homem forte do presidente encomendou 'caso das escutas'»

No DN: "As suspeitas de escutas por parte do gabinete do primeiro-ministro à Presidência da República foram levantadas por Fernando Lima, assessor de imprensa e homem de confiança de Cavaco Silva. Lima terá, segundo documentos a que o DN teve acesso, procurado o jornalista do Público Luciano Alvarez, segundo este último, em nome do próprio Presidente." [artigo integral]

quarta-feira, setembro 16, 2009

«Prémios Gazeta 2008 foram entregues, jornalistas da Antena 1 e RTP receberam distinção»

Na Antena 1: "Os jornalistas da RTP Sofia Leite e António Louçã receberam hoje o Grande Prémio Gazeta 2008, que venceram com o documentário "Lista de Chorin", numa cerimónia que contou com a presença do Presidente da República. O trabalho de investigação, distinguido pelo Clube dos Jornalistas e emitido no ano passado pela estação pública de televisão, relata a actividade dos diplomatas portugueses Sampaio Garrido e Teixeira Branquinho para salvar os judeus das SS, polícia política da Alemanha nazi. O prémio Gazeta Revelação foi atribuído a Vítor Rodrigues Oliveira, jornalista da Antena 1, pelas reportagens "Hoje há Festa em Bombaim", "As tranças de Obama" e "Herança do Dragão", esta última em colaboração com Ana Neves Almeida." [audio]

sábado, setembro 05, 2009

«Opinião: O PS de Sócrates é contra a liberdade»

No PÚBLICO, a opinião de Eduardo Cintra Torres: "A decisão de censurar o Jornal Nacional de 6ª (JN6ª) foi tudo menos estúpida. O núcleo político do PS-governo mediu friamente as vantagens e os custos de tomar esta medida protofascista. E terá concluído que era pior para o PS-governo a manutenção do JN6ª do que o ónus de o ter mandado censurar. Trata-se de mais um gravíssimo atentado do PS de Sócrates contra a liberdade de informar e opinar. Talvez o mais grave. O PS já ultrapassou de longe a acção de Santana Lopes, Luís Delgado e Gomes da Silva quando afastaram a direcção do DN e Marcelo da TVI." [texto integral]

sexta-feira, setembro 04, 2009

«Freeport: Peça de Moura Guedes abre 'Jornal Nacional'»

No DN: "O Jornal Nacional desta sexta-feira abriu - sem a pivô Manuela Moura Guedes - com uma notícia que sustenta que os arguidos do caso Freeport implicam um primo direito de José Sócrates no processo. Patrícia Matos foi a pivô escolhida para apresentar o Jornal Nacional da TVI desta sexta-feira, que abriu com a peça sobre o caso Freeport que iria ser apresentada por Manuela Moura Guedes, facto que a pivô Patrícia Matos referiu. O noticiário começou com nove minutos de atraso, por causa da transmissão de um jogo da selecção nacional sub-21." [artigo integral]

«A promoção ao Jornal Nacional da TVI censurada»

Manuela Moura Guedes: "Não sou uma alforreca"

No DN: "A entrevista que Manuela Moura Guedes deu esta semana à NOTÍCIAS TV revela que a jornalista foi apanhada de surpresa com a decisão de ser afastada da apresentação do 'Jornal Nacional de Sexta', na TVI. Na entrevista, Moura Guedes diz "Afastarem-me do ecrã? Só se fossem muito estúpidos", mas um dia antes de o bloco noticioso regressar aos ecrãs, uma ordem da administração, que alegadamente pertiu do próprio dono da Prisa, acabou com o programa e levou à demissão em bloco da direcção de informação." [artigo integral]

quinta-feira, setembro 03, 2009

«'Manuela Moura Gate': abaixo-assinado de repúdio (ACTUALIZADA)»

No Correio da Manhã: "A jornalista Manuela Moura Guedes disse ao CM que "foi apanhada de surpresa" com a suspensão do 'Jornal Nacional de 6.ª'. Depois de um plenário, em que explicou os motivos do fim do jornal, a redacção assinou um abaixo-assinado de repúdio pela forma como a suspensão se concretizou. Nem todos o fizeram, mas houve uma adesão grande. Segundo soube o CM, Manuela Moura Guedes explicou à redacção que não sabia de nada até esta quinta-feira de manhã, que não lhe foi dada explicações e referiu que o 'Jornal de Sexta' não contava com orçamento próprio." [artigo integral]

«Sócrates nega ter tido alguma influência na suspensão da emissão do Jornal Nacional»

No PÚBLICO: "O primeiro-ministro, José Sócrates, negou hoje que ele próprio, o Governo e o PS tenham interferido na decisão da administração da TVI de suspender a emissão do Jornal Nacional de 6ª feira. "Essa decisão é da exclusiva responsabilidade da administração da empresa [Media Capital, proprietária da TVI]. Nem eu, nem o Partido Socialista, nem o Governo tiveram nada a ver com essa decisão", alegou José Sócrates, em declarações aos jornalistas em Coimbra, repudiando as acusações "absolutamente injustas e infundadas" dos partidos da Oposição de "pretensa influência" do Executivo e do PS "nessa decisão". [artigo integral]

«Presidente da ERC: cancelamento do Jornal de Sexta 'absolutamente inaceitável'»

No DN: "O presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), considera "absolutamente inaceitável" e de "total ausência de oportunidade" o cancelamento do Jornal de Sexta da TVI, hoje anunciado pela administração da estação. "Tenho por absolutamente inaceitável e de uma total ausência de sentido de oportunidade com uma consequência objectiva de interferência num processo eleitoral a decisão que foi hoje tornada pública e tomada pela administração da TVI", afirmou à Lusa José Azeredo Lopes." [artigo integral]

Manuela Moura Guedes: «Temos pronta uma peça sobre o Freeport»

No PÚBLICO: "Manuela Moura Guedes confirmou hoje ao PÚBLICO a demissão da direcção de informação da TVI depois da suspensão do Jornal Nacional que apresentava e coordenava e que amanhã regressava depois de um período de férias. Moura Guedes revelou que tem pronta uma peça com notícias novas sobre o caso Freeport, feita por uma jornalista da sua equipa. “Temos pronta uma peça sobre o Freeport, com dados novos e, como sempre, documentados”, disse a jornalista, recusando-se a fazer mais comentários." [notícia integral]

«O que acaba de acontecer hoje é um escândalo»

No Económico: "Para o antigo director-geral da TVI, José Eduardo Moniz, o cancelamento do Jornal de Sexta é um "escândalo". "O que acaba de acontecer hoje é um escândalo a todos os títulos: do ponto de vista político, empresarial e da liberdade de informação em Portugal. É escandaloso que esta situação tenha ocorrido", afirmou o actual vice-presidente da Ongoing, sociedade que detém o Diário Económico." [artigo integral]

«Políticos não percebem o papel da imprensa ou fingem»

No DN: "Na presença de destacadas figuras da política nacional, Judite Sousa, directora adjunta de Informação da RTP, lançou ontem o livro "A Vida é um Minuto" sobre as tensas relações entre media e política. Depois de uma sessão de ginástica, na manhã seguinte à entrevista a José Sócrates, Judite Sousa falou com o DN sobre o livro que ontem lançou, A Vida é um Minuto, "um ensaio sobre a comunicação política moderna", como o define a autora. Com direito a uma pequena interrupção para receber uma caixa de chocolates de um admirador." [artigo integral]

terça-feira, setembro 01, 2009

«Semanários e diários vendem menos 47 mil exemplares»

No PÚBLICO: "Todos os cinco diários de informação geral voltaram a perder leitores no primeiro semestre de 2009: por dia venderam-se menos 26.717 exemplares do que no mesmo período do ano passado. Segundo o relatório da APCT - Associação para o Controlo de Tiragens, também os semanários sofreram quebras nas bancas que rondam os 20 mil exemplares por semana. Nos diários, o Correio da Manhã mantém a liderança: os 115.094 jornais vendidos por dia equivalem a 36 por cento de quota - e perdeu apenas duas décimas. A cada vez maior distância aparece o Jornal de Notícias, que deixou de vender pelo menos 10 mil exemplares (96.309). O PÚBLICO voltou a ultrapassar o Diário de Notícias (37.811) e subiu ao terceiro lugar, vendendo 39.252 jornais - uma descida de 3396 e uma quota de 12,26 por cento. Em quinto lugar está o 24 Horas, que vendeu 31.700 jornais por dia. O i só será auditado pela APCT no actual semestre." [notícia integral]

quarta-feira, agosto 26, 2009

«Salazar interferiu nas emissões da BBC para Portugal»

No DN (Lusa): "As notícias sobre a resistência russa não chegavam, a palavra democracia era proibida e um jornalista chegou a ser afastado, situações que provam que Salazar interferiu na linha editorial das emissões para Portugal da BBC, segundo uma tese de doutoramento. "O Estado Novo e, portanto, Salazar pessoalmente, tentou, e conseguiu em alguns casos, interferir na linha editorial da BBC de várias formas", sustenta Nelson Ribeiro, Director de Programação da Rádio Renascença, professor universitário e autor da tese "Radio Broadcasting in Portugal during World War II". [artigo integral]

«Wikipedia vai controlar informação sobre pessoas vivas»

No DN (Lusa): "A enciclopédia digital Wikipedia anunciou terça-feira que planeia introduzir um novo sistema de edição, de modo a prevenir a publicação de informação falsa sobre personalidades vivas. Jay Walsh, porta-voz da Fundação Wikimedia, gestora da Wikipedia, confirmou que um grupo de editores experientes vai rever as entradas de dados sobre pessoas vivas antes de as mesmas ficarem disponíveis "online". [artigo integral]

terça-feira, agosto 25, 2009

«Exigidas desculpas por atropelamento de fotojornalista»

No DN: "O Sindicato dos Jornalistas exigiu um "imediato pedido público de desculpas" do presidente do Futebol Clube do Porto, Pinto da Costa, cujo carro atropelou hoje um fotojornalista do Jornal de Notícias, à saída do tribunal. Manifestando "a maior indignação com o atropelamento de um fotojornalista ao serviço do Jornal de Notícias pela viatura onde era transportado o presidente do Futebol Clube do Porto, registado ao final da manhã de hoje", o SJ considerou tratar-se de "uma ocorrência grave, que não pode deixar de ser apurada até às últimas consequências, e que justifica um imediato pedido público de desculpas", refere em comunicado." [noticia integral]

terça-feira, agosto 18, 2009

«Novo» PÚBLICO


A página da edição impressa do PÚBLICO está diferente, mas à primeira vista perdeu algumas funcionalidades.

domingo, agosto 16, 2009

Filme: Nothing But the Truth*


*Rod Lurie (2008)

IMDB [link]
Página oficial [link]

sexta-feira, agosto 14, 2009

«Chavistas agridem violentamente 30 jornalistas»

No DN: "A pontapés e pauladas um grupo de simpatizantes do regime do presidente Hugo Chávez agrediu, hoje, três dezenas de jornalistas, entre eles mulheres, ocasionando 12 feridos, oito deles gravemente. Os jornalistas distribuíam panfletos contra um dos artigos da nova Lei Orgânica de Educação -actualmente em debate no parlamento - que, dizem, atenta contra a liberdade de expressão. "Temos 12 companheiros lesionados, oito gravemente (...) as nossas únicas armas eram uns panfletos explicando que se restringirem a liberdade de expressão não poderemos denunciar os problemas das comunidades", explicou a jornalista Maria Alejandra Monágas." [notícia integral]

quinta-feira, agosto 13, 2009

«PT notificada para barrar acesso a 27 sites 'piratas'»

No PÚBLICO.PT: "A Inspecção-Geral das Actividades Culturais (IGAC) notificou a Portugal Telecom (PT), na sua qualidade de fornecedor de Internet (Internet Service Provider, ISP), para que remova e impossibilite o acesso a 27 sites que disponibilizam ilegalmente filmes, músicas e matéria editorial. A informação foi dada à imprensa pelo grupo de lobby anti-pirataria MAPiNET. A PT nega ter recebido qualquer notificação até ao momento, mas a IGAC confirma tê-la feito, "por via electrónica", na terça-feira." [notícia integral]

terça-feira, agosto 11, 2009

Fotografia

Os últimos modelos já projectam imagens e tiram fotos automaticamente...

«Facebook compra o FriendFeed, um serviço semelhante ao Twitter»

No PÚBLICO: "O Facebook anunciou a compra do FriendFeed, um site semelhante à rede de microblogging Twitter, já que permite aos utilizadores partilhar com outras pessoas as suas actividades em tempo real. Apesar de ainda não serem oficialmente conhecidos os pormenores do acordo, segundo o “The Wall Street Journal” o Facebook terá pago 50 milhões de dólares (pouco mais de 35 milhões de euros), numa combinação entre dinheiro vivo e acções, o equivalente a uma décima parte do que o Facebook esteve disposto a pagar o ano passado pela compra, falhada, do Twitter, que é hoje um fenómeno de popularidade." [notícia integral]

sexta-feira, agosto 07, 2009

Obrigatório: «um jornalismo para o desenvolvimento?»


http://construiroparaisoaqui.wordpress.com/

Silly Season: A igreja do Google?

http://www.thechurchofgoogle.org/

Ataque ao Twitter pode ter tido um só alvo: um blogger georgiano

No PÚBLICO: "O ataque informático que provocou ontem o blackout do site de microblogging Twitter e falhas no serviço do site de rede social Facebook pode ter tido apenas um alvo: um blogger da Geórgia. O ataque ocorreu na véspera do dia em que se assinalava um ano de aniversário do conflito de cinco dias entre a Rússia e a Geórgia, e foi dirigido também contra o site de publicação de blogues LiveJournal, o YouTube e ainda o Google. O chefe da segurança do Facebook apontou entretanto o alvo provável, um blogger pró-Geórgia chamado Cyxymu (o nome de uma cidade da Geórgia), que tem contas em todos esses sites, que foram atacados ao mesmo tempo. “Foi um ataque simultâneo em várias propriedades que o atingiram, para impedir que a sua voz fosse fosse ouvida”, disse ao site CNET news." [notícia integral]

«Murdoch acaba com notícias grátis»

No DN: "A era das notícias grátis na Internet tem os dias contados. Quem o adivinha é Robert Murdoch, o barão dos media, que ontem anunciou um plano para cobrar o acesso aos seus jornais online a partir do próximo Verão. O magnata quer travar desta forma os prejuízos do gigante Media Corp que no primeiro semestre atingiram 2,4 milhões de euros. "O jornalismo de qualidade não é barato", disse Murdoch. "Uma indústria que oferece o seu conteúdo está apenas a canibalizar a capacidade para fazer boa cobertura jornalística." [notícia integral]

sábado, agosto 01, 2009

«SIC, Visão e Expresso juntam redacções e testam novo modelo no Norte»

No JN: "É uma inevitabilidade que chegará também ao coração da empresa em Lisboa, mas, para já, testa-se o modelo novo no Norte: a Impresa, grupo de comunicação que inclui o canal de televisão SIC, a revista Visão e o semanário Expresso, vai unificar as suas redacções e serviços num mesmo espaço. A sede escolhida é o antigo Matadouro Municipal de Matosinhos. O protocolo foi assinado ontem com a autarquia; o novo espaço está pronto para acolher jornalistas em Junho de 2010. "A ideia é diluir fronteiras e criar orgânicas de partilha. Mais tarde ou mais cedo vamos fazer o mesmo na capital", adiantou ao JN Luís Marques, director-geral da SIC, "mas primeiro embarcamos nesta experiência a Norte". [notícia integral]

quinta-feira, julho 30, 2009

«Prisa cria empresa para gerir revistas nos dois países»

No DN: "O grupo espanhol Prisa, proprietário da Media Capital, anunciou ontem a reorganização dos seus activos no sector das revistas em Portugal e em Espanha. As duas unidades editoriais existentes até agora vão ser integradas numa nova empresa, a Progresa - Media Capital Edições. "Optimizar os recursos e desenvolver uma gestão mais eficaz dos títulos em Portugal e em Espanha" é o objectivo desta alteração, segundo comunicado ontem divulgado." [notícia integral]

terça-feira, julho 28, 2009

sexta-feira, julho 24, 2009

Mudança na Direcção do Diário de Notícias

No DN: "A Direcção do Diário de Notícias vai ter uma alteração. De saída, após dois anos e meio no cargo de subdirectora, está Catarina Carvalho, que decidiu dedicar-se a novos projectos pessoais e profissionais. O novo subdirector do Diário de Notícias será Nuno Saraiva – actualmente editor de política. Nuno Saraiva iniciou a sua carreira profissional na Rádio Renascença, em 1993. Depois foi editor de politica na TSF, na revista Sábado e no semanário Expresso. Está no Diário de Notícias desde Dezembro de 2008." [artigo integral]

quarta-feira, julho 22, 2009

«Investigação da Sky News: lojas de reparação informática no Reino Unido retêm dados pessoais dos clientes»

No PÚBLICO: "Imagine que tem um problema no seu computador e o leva a uma loja de reparações. A última coisa que espera é que lhe entrem no disco rígido e lhe copiem as suas fotografias, os seus dados pessoais e até as passwords que usa para entrar no seu banco online. Mas foi isso mesmo que uma investigação da cadeia britânica Sky News descobriu, depois de levar um computador a seis lojas londrinas." [notícia integral]

sábado, julho 18, 2009

«Morreu Walter Cronkite: os Estados Unidos perderam um ícone»

No PÚBLICO: "Emocionou-se ao dar à América a notícia da morte de John F. Kennedy, pôs em dúvida, em horário nobre, a possibilidade de os EUA vencerem a guerra do Vietname, entusiasmou-se ao relatar em directo a chegada de Neil Armstrong à Lua. Terminava cada noticiário com a frase: “And that’s the way it is.” Walter Cronkite, o homem em quem os americanos mais confiavam, morreu ontem, aos 92 anos, na sua casa em Nova Iorque, de problemas decorrentes de uma doença cerebro-vascular, segundo o filho, Chip." [artigo integral]

sexta-feira, julho 17, 2009

«Trabalhadores do Público aceitam reduzir salários»

No DN: "Os trabalhadores do jornal Público aceitaram reduzir os seus salários, tendo o acordo sido subscrito pelos 165 funcionários que a administração exigiu sob pena de recorrer a outros métodos, disse hoje à Lusa fonte daquele título. O acordo foi assinado por 90 por cento dos trabalhadores, afirmou a mesma fonte, explicando que este número permite à administração avançar para reduções salariais escalonadas entre os três e os 18 por cento nas retribuições brutas superiores a 1200 euros." [notícia integral]

«Consumidores portugueses estão entre os que pagam a Internet mais cara na Europa»

No PÚBLICO: "Em todas as velocidades de download analisadas pela AdC, os preços mensais em Portugal eram superiores à média europeiaOs portugueses continuam a estar entre os consumidores da União Europeia a 15 que pagam tarifas mais elevadas de Internet de banda larga. Para as velocidades de download mais utilizadas em Portugal, o desvio face aos preços praticados nos restantes Estados-membros é superior a 20 por cento. As conclusões são de um estudo que a Autoridade da Concorrência (AdC) vai hoje apresentar." [artigo integral]

quinta-feira, julho 16, 2009

«Direitos de autor: Google avisa que todos os grupos de notícias podem bloquear anexação de conteúdos »

No PÚBLICO.PT: "O Google defendeu hoje que a agregação de notícias não desrespeita os direitos de autor já que todos os editores podem adoptar uma tecnologia que restringe a indexação de sites pelos motores de busca. Reagindo a uma posição conjunta de vários grupos europeus de media, anunciada na semana passada através da Declaração de Hamburgo, o director do Google Josh Cohen lembrou hoje a existência de um mecanismo chamado Robots Exclusion Protocol (REP) que permite controlar a divulgação de sites ou páginas de Internet nos agregadores de informação. "Milhões de editores on-line em todo o mundo, incluindo da imprensa, utilizam o mecanismo REP para indicar aos motores de busca se os seus sites, ou certas páginas on-line, podem ser agregados", sublinhou o responsável." [notícia integral]

«Grupos criam cooperativa para fiscalizar utilização de conteúdos jornalísticos sem pagamento»

Na Visão: "Lisboa, 16 Jul (Lusa) - A utilização não paga de conteúdos jornalísticos vai passar a ser fiscalizada por uma cooperativa que está a ser criada pelos grupos de media portugueses e poderá levar à expulsão da Internet, disse hoje o presidente da Associação de Imprensa. "Estamos a ultimar a criação de uma cooperativa que se chama Agemedia e que vai começar a escrever aos utilizadores dos conteúdos [jornalísticos] de forma abusiva ou sem licença para dizer que não o podem fazer ou como o podem fazer", explicou João Palmeiro à margem da assinatura por cerca de 20 empresas de comunicação social da Declaração de Hamburgo." [fonte]

No PÚBLICO: Patrões dos media assinam declaração em defesa dos direitos de autor na Internet

quarta-feira, julho 15, 2009

«Administração do jornal Público ameaça trabalhadores com despedimento colectivo»

No i: "A administração do jornal Público ameaçou hoje os trabalhadores com despedimento colectivo caso pelo menos 90 por cento não assinem, nas próximas horas, um documento a aprovar a redução salarial proposta, disse à Lusa fonte da publicação. De acordo com a mesma fonte, 40 trabalhadores (entre as mais de duas centenas de pessoas que seriam abrangidas pela medida) já assinaram a declaração concordando com a proposta de redução salarial, apesar desta já ter sido rejeitada por duas vezes em plenário de trabalhadores. [notícia integral]

«Activista russa assassinada no Cáucaso»

No PÚBLICO: "Uma importante activista russa foi hoje encontrada morta com dois tiros na cabeça. Natalia Estemirova tinha sido raptada quando saía da sua casa na Tchetchénia na quarta-feira de manhã, o seu corpo foi encontrado nove horas depois na Ingushétia. Natalia Estemirova era uma colaboradora próxima da jornalista Anna Politkovskaia, assassinada em 2006, e recebeu o primeiro prémio com o nome da jornalista no ano seguinte (assim como distinções do Parlamento Europeu e do Parlamento sueco)." [noticia integral] [notícia no JN]

«Ameaça de despedimento colectivo no 'Público'»

No Sindicato dos Jornalistas: "A Administração do “Público” ameaça desencadear na próxima segunda-feira um processo de despedimento colectivo de duas dezenas de trabalhadores se não for aceite a redução de salários preconizada pela empresa, denuncia o Sindicato dos Jornalistas (SJ) em comunicado divulgado hoje, 15 de Julho. Segundo o SJ, que refere um comunicado distribuído hoje pela Administração do “Público” e comunicações feitas pelas chefias aos trabalhadores, caso 90% dos trabalhadores não formalizem o acordo para a redução salarial a Administração vai avançar com um "plano alternativo de redução de custos com pessoal", “sem nova negociação”. O SJ, que tem acompanhado e apoiado a luta dos jornalistas do “Público, repudia as ameças e apela à unidade dos trabalhadores." [comunicado integral]

terça-feira, julho 14, 2009

«New York Times estuda novo modelo pago para o serviço online»

No PÚBLICO: "O “New York Times “ está a estudar um novo modelo de pagamento pelo serviço online, actualmente gratuito, que custaria, segundo o “Financial Times”, 60 dólares por ano. A decisão, segundo o FT, pode já ser adoptada dentro de três a quatro semanas. O preço para aceder à informação online do jornal seria apenas metade para quem já subscreve a edição impressa. Quem não assina o jornal, o pagamento equivalia a 5 euros por mês de pagamento, diz o jornal. O preço estipulado foi pautado após um estudo entre os leitores onde foi perguntado a estes quanto estariam dispostos a pagar pela informação que o “New York Times” divulga." [artigo integral]

«Microsoft vs. Google: choque de titãs»

No DN : "A guerra entre a Google e a Microsoft está ao rubro. A Google prepara-se para lançar no mercado o Chrome OS, um sistema operativo grátis para já destinado aos 'netbooks', mas que poderá vir no futuro a concorrer com o célebre Windows; a Microsoft responde e avança com o motor de busca Bing, onde gastou 100 milhões de dólares em promoção, e está a desenvolver o Gazelle, um produto parecido com o próprio Chrome OS. Quem irá vencer o braço-de-ferro?" [artigo integral]

terça-feira, junho 30, 2009

«O que é a Web 3.0?»

No PÚBLICO.PT: "Numa altura em que a Web 2.0 já se estabeleceu na vida dos internautas, que diariamente frequentam redes sociais como o Facebook e o Twitter, está na hora de abrir as portas à Web 3.0, o passo seguinte da evolução tecnológica num mundo em que as máquinas se aproximam cada vez mais do universo da inteligência artificial." [artigo integral]

«Nuno Azinheira substitui Pedro Tadeu no 24 Horas»

Na TSF: "O jornalista Nuno Azinheira vai assumir o cargo de director do diário “24 Horas” a partir do próximo dia 1 de Agosto, anunciou esta segunda-feira o Conselho de Administração da Controlinveste. Nuno Azinheira, de 34 anos, acumulará o cargo de director do “24 Horas2 com as de editor-executivo da revista “Notícias TV”, publicação distribuída às sextas-feiras com o “Jornal de Notícias” e o “Diário de Notícias”. [notícia integral]

sexta-feira, junho 19, 2009

«Jovem romena morre a 'twittar'»

No Portugal Diário: "Uma jovem romena de 17 anos morreu electrocutada enquanto «twittava» na banheira. A edição online do jornal The Mirror refere que Maria Barbu tentou ligar o computador à tomada, mas o notebook caiu na água e acabou por causar a morte da jovem de Brasov. As autoridades acreditam que o acidente aconteceu porque Maria Barbu tentou ligar o computador à tomada, com as mãos molhadas, depois de a bateria ter acabado." [notícia integral]

quinta-feira, junho 18, 2009

Silly season...

Já estamos na silly season? Não?
Então o que justifica estas duas 'notícias' em dias seguidos?
Obama mata mosca durante entrevista
Michelle Obama passeia 'Bo' de calções

terça-feira, junho 16, 2009

Vem aí o «Mapitol»


No Portugal Diário: "Carlos Zamith é português e criou o maior directório da Internet. A curto prazo pretende torná-lo no «melhor de sempre», revelou à Lusa o próprio. Na primeira apresentação pública do directório Mapitol (palavra homófona de map it all), Carlos Zamith revelou os principais objectivos do projecto a funcionar há 18 meses. Este criador quer afastar-se do conceito de motor de busca, colocou a sua ideia como a «reinvenção da Internet». «O que este directório tem de especial é a sua grande dimensão. Enquanto os directórios que existem têm dezenas de milhares de categorias, nós teremos dezenas de milhões de assuntos», explicou à Lusa." [notícia integral]

O DN e a realidade antecipada


Hoje a argolada é do DN, que a esta hora, perto das 21h, e apesar dos avisos, insiste em ter online uma notícia falsa. Ou melhor, uma notícia que será verdadeira a partir da meia-noite, porque é amanhã que o facto noticiado irá acontecer...

segunda-feira, junho 15, 2009

RR: Novo site reforça aposta multimédia

Na Renascença: "Ao fim de 72 anos de rádio, a Renascença entra numa nova dimensão. E a rádio nunca mais será a mesma. Com um novo site, é dado um novo passo na integração da Redacção da rádio no espaço multimédia." [notícia integral]

domingo, junho 14, 2009

sábado, junho 13, 2009

«Família dos EUA põe foto na web, que vira outdoor em Praga»

No Terra: "Um casal americano de St. Louis ficou chocado ao descobrir que uma foto de família colocada no Facebook foi parar em um outdoor publicitário na República Checa. Danielle e Jeff Smith usaram a foto em um cartão de Natal e colocaram a imagem em sua página no site de relacionamentos. Mas para sua surpresa, um velho amigo de Danielle que mora na cidade enviou uma mensagem algumas semanas atrás, dizendo que tinha visto a foto da família dela num outdoor publicitário, no centro de Praga. "Em princípio, não acreditei", disse Danielle à rede de TV americana Fox. "Então meu amigo voltou ao local e bateu uma foto do outdoor para provar." [notícia integral]

A saga KidRex

Bastou o i publicar uma informação errada, para logo outros órgãos replicarem o erro...


[link]


[link]

O KidRex foi lançado em Dezembro de 2008 pelas empresas Brent Media e Frankie Media... [notícia corrigida no i]

sexta-feira, junho 12, 2009

i = não há duas sem três...



E à terceira, temos a informação correcta: "Em semana de lançamento do Bing, o novo motor de busca da Microsoft, vale a pena espreitar o KidRex que utiliza o motor de busca da Google.".

[P.S. - Pelos vistos fomos apanhados pelo Twingly, uma ferramenta que detecta os blogues que têm link para as notícias...]

Ecoogler e KidRex

Este caso do KidRex noticiado pelo i recordou-me o "Ecoogler", um "motor de pesquisa ecológico" anunciado há cerca de um ano. Na altura recebi inúmeras mensagens de amigos a alertar-me para o "novo motor de pesquisa da Google". No entanto, uma simples visita ao site permitia perceber que o projecto recorria à tecnologia Yahoo... Talvez por isso, para acabar com a confusão, o Ecoogler está em processo de mudança para um novo nome: EcoSearch.

i = nova versão


Já corrigiram qualquer coisa mas ainda dizem que o site é da Google: "Em semana de lançamento do Bing, o novo motor de busca da Microsoft, vale a pena espreitar o KidRex da Google."

i = mau jornalismo



O título deste post tem mais verdades do que as primeiras duas frases desta notícia: "O Google reagiu ao Bling para voltar ao seu monopólio descansado. E assim nasceu o KidRex." Primeiro, não é Bling, mas sim Bing... Segundo, o KidRex não é uma iniciativa da Google, embora use esse motor de busca. Vamos ver quanto tempo demorará o i a corrigir os erros...

quarta-feira, junho 10, 2009


O Youtube do audio já está a bombar, ainda em versão beta. Tenho convites para os interessados!

terça-feira, junho 09, 2009

Repórteres exibem conflito entre policiais e indígenas no norte do Peru

No Ambiente Já: "O repórter Martín Arredondo e o cinegrafista Orlando Cánepa, do programa Punto Final, da emissora peruana Frecuencia Latina, acompanharam o conflito entre policiais e indígenas da etina Awaju, que ocorreu em 5 de junho de 2009, na localidade de Bagua, no norte do Peru, na região amazônica." [notícia completa]



Link

How Social Media is Radically Changing the Newsroom

sexta-feira, junho 05, 2009

"merda formalidade"...


A gralha está no final do segundo parágrafo. A notícia está aqui, mas é natural que a corrijam...

HOME


Para ver hoje na internet ou às 20h30 na RTP 2.

quarta-feira, junho 03, 2009

terça-feira, junho 02, 2009

Wolfram Alpha: o motor de busca que responde a perguntas já está disponível

No PÚBLICO.PT [18.05.2009]: "Há quem diga que se trata do futuro da pesquisa online: oferecer informação factual, extraída do manacial de páginas da Web e apresentada de forma simples. O inovador motor de busca está em funcionamento e já provou a sua eficácia, tendo recebido elogios generalizados durante as primeiras 24 horas de funcionamento. O Wolfram Alpha difere do Google e dos restantes motores de busca porque responde a perguntas concretas, em vez de elencar as páginas de Internet onde os utilizadores podem ir buscar informação relacionada com as palavras de pesquisa." [notícia integral]

Bing

O Live Search da Microsoft mudou de nome para Bing...

domingo, maio 31, 2009

«Moura Guedes é um exemplo de péssimo jornalismo»

No DN: "O director de Informação da RTP, José Alberto Carvalho, responde às declarações da pivô do 'Jornal Nacional 6.ª Feira' dadas ao jornal 'i', em que acusa Sócrates de ter proibido usar-se a palavra 'corrupto' na entrevista à estação pública. José Alberto Carvallho, director de Informação da RTP, contactado pelo DN, reagiu à entrevista de Manuela Moura Guedes ao jornal i, em que a pivô do Jornal Nacional 6.ª Feira acusa Judite de Sousa e o próprio José Alberto Carvalho de terem sido impedidos pelo primeiro-ministro José Sóctares de dizerem a palavra "corrupto" durante a entrevista, feita a 22 de Abril. "Eu não sei como, ou se, essa senhora negoceia as suas entrevistas, mas ela é que tem de explicar como chegou a essa conclusão. O que eu sei é que nunca na minha vida fui alvo de um comunicado como o da ERC ao meu trabalho. E o que eu sei também é que ela foi condenada de forma muito violenta pelo conselho deontológico", afirmou ao DN José Alberto Carvalho que acrescentou: "Eu não sou da mesma geração dela, nem me revejo na mesma profissão que ela exerce. Moura Guedes é um exemplo de péssimo jornalismo, se é que se pode chamar jornalismo ao que ela faz." [notícia integral]

sábado, maio 30, 2009

Dois links

Roubem uma hora ao fim-de-semana e deliciem-se:
2) PORTUGAL A PÉ (PORTUGAL ON FOOT).

segunda-feira, maio 25, 2009

Manuela Moura Guedes vs Marinho Pinto


A primeira de quatro partes do episódio [1,2,3,4]

sábado, maio 23, 2009

«Redes sociais mantêm fotos apagadas por usuários, diz pesquisa»

No G1: "Uma pesquisa feita por estudiosos da Universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha, indica que sete sites de redes sociais mantêm na internet por até 30 dias as fotos que seus usuários apagaram. Os pesquisadores colocaram fotos em 16 sites populares - anotando os endereços de rede onde as imagens foram armazenadas - e então apagaram as fotos. A equipe afirma que conseguiu encontrar as fotos novamente em sites como o Facebook, o MySpace e o Hi5, usando os endereços diretos para as fotos, mesmo depois de elas aparentemente terem sido apagadas até 30 dias antes." [notícia integral]

Manuela Moura Guedes vs Marinho Pinto


Mais aqui e aqui (só som)

sexta-feira, maio 22, 2009

«Metro negoceia venda de diários em Portugal e Itália»

No DN: "O grupo editor de jornais gratuitos Metro Internacional anunciou hoje que está em "negociações avançadas" para uma possível venda parcial ou total dos seus diários em Portugal e Itália. O grupo sueco, que encerrou em Janeiro o seu diário gratuito em Espanha e anunciou este mês a venda das suas edições nos Estados Unidos, explicou em comunicado que a decisão faz parte da sua estratégia de "racionalização" na Europa. A edição italiana do Metro, a segunda mais lida depois da francesa, com 1,93 milhões de leitores diários, e a portuguesa, com 510 mil leitores, sofreram ambas uma perda de 2,5 milhões de euros em 2008." [notícia integral]

Funcionaria cá?

Spot.Us - Community Funded Reporting Intro from Digidave on Vimeo.

[Link: Spot.Us]

terça-feira, maio 19, 2009

'Tucson Citizen' fecha após 138 anos de actividade

No DN: "O diário Tucson Citizen, o mais antigo do estado norte-americano do Arizona, foi distribuído pela última vez no sábado, numa edição especial, a relembrar os 138 anos de existência. O diário, fundado em Outubro de 1870, é a mais recente vítima da crise que desde o ano passado já provocou o fecho de vários jornais históricos nos Estados Unidos e, só em 2008, foi responsável pelo despedimento de 12 mil trabalhadores." [noticia completa]

segunda-feira, maio 18, 2009

sábado, maio 16, 2009

Fotomontagem

 
   
Curiosa, esta "foto de grupo" dos eurodeputados socialistas... Comparem a imagem da Ana Gomes com a foto oficial disponível na página dos socialistas no Parlamento Europeu. A brochura está disponível aqui

terça-feira, maio 05, 2009

«74 jornalistas preparam há 2 meses novo jornal»

No DN: "O novo jornal diário de informação geral e âmbito nacional da Sojormedia [holding do grupo Lena para a comunicação social], o "i", chega às bancas quinta-feira, mas está a ser preparado há dois meses num dos edifícios do Tagus Park, em Oeiras. Em 1.300 metros quadrados, divididos em dois pisos trabalham, desde 08 de Março, 74 jornalistas para preparar o lançamento do título. No rés-do-chão, sem divisórias, estão dispostas as mesas dos redactores, editores e directores do jornal. No centro da redacção está montado o "super desk", uma espécie de ilha de onde os editores coordenam o trabalho e tomam decisões." [artigo integral]

sábado, maio 02, 2009

«Os números chocantes das desistências no Twitter»

No DN: "Habituados a números espantosos de crescimentos mensais, os utilizadores do Twitter foram esta semana surpreendidos por um dado perturbador revelado pela Nielsen Online: cerca de 60% dos que se registam nesta plataforma desistem das actualizações ao fim de um mês. Uma rápida volta por contas abandonadas em Portugal confirma esse cenário. Após a fase inicial de adaptação ao meio - em termos técnicos e de relacionamento com outros utilizadores - e depois da publicação de algumas mensagens, nem é preciso um mês para ocorrer a paralisação sem retorno do autor. Os dados da Nielsen Online mostram, por outro lado, um aumento na retenção de utilizadores, maior que os quase 30% registados em meses anteriores. Por comparação, a taxa de retenção em comunidades como MySpace ou Facebook é de quase 70%. E, quando estes sites estavam no estádio de evolução actual do Twitter, a sua taxa de retenção já "era o dobro", explicou David Martin." [notícia integral]

quinta-feira, abril 23, 2009

Cofina despede no 'Correio da Manhã'

No Diário de Notícias: "Sete jornalistas, um paginador, uma comercial e um elemento do departamento de fotografia souberam que os seus nomes estão envolvidos no despedimento colectivo do grupo, que se justifica com queda na publicidade. O grupo de comunicação Social Cofina avançou para o despedimento colectivo de dez trabalhadores do Correio da Manhã, o seu principal jornal e líder de vendas. A decisão foi anunciada ontem, numa reunião com os visados, ao final da manhã, na sede do jornal, em Lisboa. O grupo não confirma se as saídas se vão alargar a outros meios, nomeadamente do porta-fólio de revistas." [notícia completa]

sábado, abril 18, 2009

«Demasiado photoshop?»

Para ler aqui e aqui.

Antes...


E depois..


«Dia D» na 2

"O 'Dia D' é uma iniciativa absolutamente inédita na televisão portuguesa em que a RTP2 apresenta uma operação que leva ao extremo a sua máxima de ser 'a estação dos documentários'."

«Full Metal Budget»

The Daily Show With Jon StewartM - Th 11p / 10c
Full Metal Budget
thedailyshow.com
Daily Show
Full Episodes
Economic CrisisPolitical Humor

segunda-feira, abril 13, 2009

Obrigatótio: Intended Consequences



An estimated 20,000 children were born from rapes committed during the 1994 genocide in Rwanda. Intended Consequences chronicles the lives of these women. Their narratives are embodied in portrait photographs, interviews and oral reflections about the daily challenges they face today.


[Espreitem os outros trabalhos do MediaStorm]

quarta-feira, março 25, 2009

«PÚBLICO reforça informação on-line»

No PÚBLICO.PT: "O director do PÚBLICO, José Manuel Fernandes, anunciou terça-feira à redacção que assumirá, a partir de Abril, novas responsabilidades executivas nas áreas on-line e multimédia. Este anúncio foi feito durante um plenário convocado pela Direcção Editorial e pela administração para partilhar com todos os trabalhadores a evolução do projecto de integração das redacções, que fora lançado num encontro idêntico em Novembro do ano passado." [notícia integral]

quinta-feira, março 19, 2009

...



Esqueceu-se da faca para o assalto? Compre um diário! Este podia ser o slogan do DN e do JN nas próximas semanas. Hoje traziam "apenas" uma faca de churrasco, mas estão prometidos utensílios mais afiados... É uma promoção curiosa nos tempos que correm.

Antes e Depois

00h45

segunda-feira, março 16, 2009

«DN lança novo site para liderar entre informação generalista»

No Diário Digital: "O Diário de Notícias vai lançar quinta-feira um novo site que aposta na actualização constante das notícias e conteúdos multimédia para se tornar líder entre as marcas de informação generalista, anunciou hoje o director. O DN «ocupa hoje na Internet um lugar que não é compatível com o prestígio do jornal», explicou João Marcelino, acrescentando que o objectivo é «chegar ao topo» da lista de sites de notícias mais vistos. Actualmente o site do DN contabiliza cerca de 5 milhões de páginas vistas, número que fica muito abaixo dos mais de 40 milhões de 'pageviews' que os sites dos jornais de desporto registam. «A muito curto prazo queremos duplicar o nosso número e queremos depois liderar nas marcas generalistas», sublinhou. O novo site estará ligado às principais redes sociais de Internet e vai implicar alterações no jornal em papel." [notícia integral]

domingo, março 15, 2009

«A ALTERNATIVA AO SUICÍDIO»

No DN: "Os jornais nasceram com um modelo de negócio simples: vendiam palavras aos leitores e leitores aos anunciantes. A rádio e a televisão forçaram os jornais a adaptar-se à concorrência de meios mais rápidos e atraentes (acrescentavam som e imagem) e que introduziram uma variante ao modelo de negócio, pois viviam apenas da publicidade, uma indústria que cresceu exponencialmente num século em que crédito e consumo foram os motores do boom económico. A televisão tornou-se uma meca para as marcas sequiosas de contactar com consumidores ávidos de gastar dinheiro. Os patrões dos jornais (mesmo os que sabiamente construíram grupos multimedia) nunca esconderam uma pontinha de inveja por um negócio que não estava dependente dos humores dos leitores, um conceito que os novos meios substituíram pelo de audiências - mais adequado, porque para consumir rádio e televisão não é imprescindível saber ler." [texto integral]

quarta-feira, março 11, 2009

«Presidente da Câmara de Coimbra anuncia nome de rua para estudante assassinada»

As consequências do trabalho da Isabel: "O nome de Maria José Maurício, a jovem assassinada em 2007 pelo namorado, vai ser atribuído a uma rua de Coimbra, numa campanha de homenagem às vítimas de violência doméstica, anunciou hoje o presidente da Câmara, Carlos Encarnação. Aos microfones do Rádio Clube Português, que promove a campanha, Carlos Encarnação comprometeu-se esta manhã a dar o nome de uma das ruas da cidade a Maria José Maurício, uma jovem estudante da Universidade de Coimbra, de 20 anos, natural de Gaia, assassinada pelo namorado, em 2007, na Quinta da Portela, uma zona de expansão urbanística da cidade. Em declarações à agência Lusa, o autarca social-democrata confirmou que vai apresentar uma proposta à Comissão de Toponímia para atribuir o nome de uma rua a Maria José Maurício, que frequentava a Faculdade de Engenharia Civil, tal como o namorado. "A atribuição do nome da rua é, no fundo, uma forma de repercutir a reprovação destes actos", sublinhou o autarca. Durante esta semana, entre as 09:30 e as 09:50, o Rádio Clube Português vai dedicar a sua emissão ao tema da violência doméstica no programa "Minuto a Minuto", onde vários convidados especiais abordam o assunto sob as mais diversas perspectivas, "contribuindo para a desmistificação de um tema que, por vezes, ainda é tabu na sociedade portuguesa". No programa "Janela Aberta", a ir para o ar diariamente às 17:30, Isabel Meira conta esta semana cinco histórias, uma por dia, em que situações de violência doméstica acabaram na morte das agredidas." [Notícia da Lusa]

terça-feira, março 10, 2009

«Por Quem os Sinos Dobram»

Da nossa Belita: "Ao longo desta semana, o Rádio Clube conta uma história por dia sobre casos reais de mulheres que morreram vítimas de violência doméstica. Acompanhe aqui as reportagens da jornalista Isabel Meira, um trabalho com sonoplastia de Mário Rui. Lisboa, Coimbra, Santarém, Setúbal e Portalegre, uma pequena amostra de um problema que atinge toda a sociedade portuguesa para ouvir no Janela Aberta, às 17h30."

quinta-feira, março 05, 2009

O «grande-recórter»...

Como um grande repórter vira grande-recórter. Aqui.

Aniversário do PÚBLICO

Parabéns pelos 19 anos e pela edição de hoje.
http://www.publico.clix.pt/

quarta-feira, março 04, 2009

O dia seguinte

Parte da história (e dos jornalistas) do Rocky Mountain News continua aqui. Explicações aqui e aqui.

A última edição...

[Lido no Atrium e no Ponto Media]

Final Edition from Matthew Roberts on Vimeo.

After 149 years and 311 days, the Rocky Mountain News published its final edition on February 27, 2009.

«Controlinveste: trabalhadores em greve apelam aos cidadãos»

No PÚBLICO: "A greve de hoje dos trabalhadores do grupo Controlinveste está a ser complementada com a distribuição de folhetos de sensibilização aos cidadãos que passam junto às instalações das redacções de Lisboa e Porto. No folheto, os trabalhadores dos jornais “Jornal de Notícias”, “Diário de Notícias”, “24 Horas” e “O Jogo” apelam à solidariedade dos cidadãos e explicam que a decisão de fazer uma greve não foi tomada de ânimo leve, mas que foi a única forma de protestar contra a decisão do grupo Controlinveste de dispensar 119 colaboradores." [notícia integral]

sexta-feira, fevereiro 20, 2009

«Jornalistas da Controlinveste preparam greve para 4 de Março»

No PÚBLICO.PT: Os trabalhadores dos quatro jornais da Controlinveste (Jornal de Notícias, Diário de Notícias, 24 Horas e O Jogo - decidiram hoje apresentar um pré-aviso de greve de 24 horas para 4 de Março, na sequência de dois plenários que terminaram esta tarde. "Os trabalhadores ao serviço das empresas Global Notícias e Jornalinveste, reunidos em plenário em Lisboa, em 20 de Fevereiro, decidem (...) mandatar os sindicatos para apresentarem um pré-aviso de greve com vista a uma paralisação de 24 horas no próximo dia 4 de Março", referem numa moção aprovada hoje pela quase unanimidade (com uma abstenção)." [notícia integral]