domingo, novembro 11, 2007

«Ninguém devia partir para sempre com esta idade»

No Diário de Notícias: "Obituário de Armando Rafael (1963-2007): A morte deixa-nos sempre um sentimento de perda. Mas quando parte alguém que estimamos muito, essa perda parece-nos irreparável. Foi assim que ficámos, em estado de estupefacção, ao sabermos ontem a notícia da morte do Armando Rafael. Morte súbita, morte estúpida, morte absurda. O Armando já não estava cá, mas era ainda um dos nossos. Olhávamos para a secretária que foi dele até há pouco e a todo o momento julgávamos vê-lo ainda ali sentado. Ele era um dos jornalistas mais qualificados do Diário de Notícias. Licenciado em Direito, tinha uma vasta cultura e conhecimentos enciclopédicos sobre as matérias que mais o apaixonavam. E eram muitas - da política à economia, da gastronomia ao desporto. Sportinguista, costumava jogar futebol com amigos de várias convicções clubísticas." [artigo integral]

1 comentário:

Anónimo disse...

SILÊNCIO CULPADO disse...
Perante uma grande sacanice que está a ser feita sobre alguns professores que não recebem vencimento,têm horários d e12 horas ou estão a recibos verdes sugere-se que todos os blogues publiquem a notícia que está no http://cegueiralusa.com